OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Depois do terror de tirar o folego em “Silent Hill“, há razões mais que suficientes para voltar à tão misteriosa cidade. Agora em 2001, na sexta geração das consolas. Com o inesperado sucesso do primeiro jogo, “Silent Hill 2” foi um dos jogos mais esperados ao virar do século, principalmente por aquilo que o melhor …

Continue reading

Naquela noite de frio, num sítio em Ibiúna, região fria de neblina, sentamo-nos em poltronas macias em frente à lareira. Unidos, homem e mulher, diante das chamas, no centro da vida, na proteção de uma casa distante, entre vinhedos. O fogo dançava, lambia os tijolos do forno, fazendo desenhos mágicos de estranhas salamandras estalando as …

Continue reading

Não te lembras do capítulo anterior? Podes lê-lo aqui! Jurema-Brigitte ou Brigitte-Jurema não estava bem. Recorrera ao psiquiatra, atormentada pela fala final do marido, que, educadamente, disse que ela se tratava de uma pessoa fútil. Dopada com Lexotan, reuniu-se com amigas na parte da tarde para tratarem de um bazar beneficente. Como é mister nessas …

Continue reading

Fiódor Dostoiévski (1821–1881) é o que se pode chamar de um escritor completo. Completo e complexo. Em “Os Irmãos Karamázov” a literatura russa encontra o seu apogeu e transborda ao mundo a narrativa ampla, investigativa acerca das coisas da vida, dos amores e conflitos, etc. Mais que um escritor, Dostoiévski foi um psicólogo, mesmo que …

Continue reading

Chris nem era a corruptela do nome Christiano, Christian ou similar. Chris na verdade se chamava Geraldo. Geraldo! Geraldo?! Como os seus pais havia lhe dado esse nome, era a questão posta por ele, que desde cedo teve problemas com sua identidade. Discriminado no bairro onde sua mãe era empregada doméstica, quando brincava com os …

Continue reading