OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

“— Eis a minha opinião – declarou, sentencioso, o diretor-geral adjunto. — Passam-se aqui muitas coisas lamentáveis e, aliás, não é de hoje. Muito eu teria a dizer sobre erros cometidos nos dois últimos anos, mas vou me ater aos acontecimentos atuais. Uma pessoa nesta empresa zomba do mundo. Escreve um texto estúpido, imprime-o e …

Continue reading

Arthur projetou, batalhou, divulgou e promoveu o seu primeiro café filosófico. No Pátio Savassi, na Leitura, ficou ansioso e na expectativa para a chegada do público naquele primeiro evento. Gregório foi o primeiro a chegar. Andreia chegou com um acompanhante, que vieram a saber depois, era o seu namorado oriundo do encaminhamento do pastor. Ela …

Continue reading

Formidável romance do escritor peruano Mario Vargas Llosa, Nobel de Literatura, “Travessuras da Menina Má” (Alfaguara, 2006, 302 p.) é um livro semi-biográfico. Explico: o autor empresta ao seu personagem, Ricardo Somocurcio, a visão e os lugares visitados por ele. O passeio autobiográfico começa no bairro peruano de Miraflores, na década de 1950, acalentando o …

Continue reading

Se não leram o capítulo anterior, podem encontrá-lo aqui! Jurema acordou Brigitte. Não fazia sentido retornar ao antigo nome, até pela questão dos documentos. E, ademais, já criara esse status de relevância social e foi assim que se dirigiu ao maior jornal da cidade, na tentativa de encontrar um famoso colunista social. Levou duas horas …

Continue reading

Não te lembras do capítulo anterior? Podes lê-lo aqui! Jurema-Brigitte ou Brigitte-Jurema não estava bem. Recorrera ao psiquiatra, atormentada pela fala final do marido, que, educadamente, disse que ela se tratava de uma pessoa fútil. Dopada com Lexotan, reuniu-se com amigas na parte da tarde para tratarem de um bazar beneficente. Como é mister nessas …

Continue reading