OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

O final do ano é sinónimo de 12 passas e a tradicional lista dos melhores filmes do ano. Como não gosto de passas, fico-me pelos filmes (e dois ou três copos de espumante). Arbitrárias por natureza, as pautas proporcionam a oportunidade de refletir sobre o ano cinematográfico e quais foram os momentos mais marcantes na …

Continue reading

Acredito que todos tenhamos ouvido falar do Dr. Frankenstein. O médico que acabou a criar um monstro, a partir de uma experiência científica. Uma coisa do imaginário popular, essa história de médico e de monstro. Cresci ouvindo menções, e li resenhas sobre a grande pequena obra de Mary Shelley (1797-1851), e confesso que ainda não …

Continue reading

Depois de “Joker” (2019), o ator Joaquin Phoenix protagoniza um filme que está longe de ser uma piada. Com uma atitude esperançosa para com a humanidade, “C’mon C’mon” é um drama com contornos cómicos que explora matérias complexas como a paternidade e a roda das emoções. Sempre de forma inquisitiva e curiosa, a narrativa coloca …

Continue reading

“Du Levande” (em inglês, “You, the Living” e em português, “Tu, que Vives“) é estranho. Mas reconhecível. Pego-me a assistir o sueco sem legendas e obviamente a não entender qualquer diálogo. Atentamente chego ao fim, com a sensação de ter visitado quadros existencialistas num museu de Estocolmo. Hora do dever de casa. Revejo todas as …

Continue reading

“Passing” (2021) — em português, “Identidade” — conta a história de Irene (Tessa Thompson), uma mulher negra em Nova Iorque em plenos anos 20, que fica chocada ao reencontrar uma velha amiga, Clare (Ruth Negga), e ao perceber que ela, na verdade, esconde a sua verdadeira identidade, fingindo ser branca. O filme é escrito e …

Continue reading