OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

“Um habitante da fronteira, um soldado de infantaria devem aprender a encarar a morte; por minha parte, devo aprender a encarar a sobrevida.” Jean-Paul Sartre, em “Diário de uma guerra estranha” Caminho por um cenário de guerra. Literalmente. No trajeto a pé, vi tanques russos transformados em sucata, prédios bombardeados e de avenidas arborizadas sobressaía …

Continue reading

Sebastião era dono de uma oficina mecânica e borracharia numa cidadezinha do interior mineiro. Como o estabelecimento era conjugado à sua casa, podia-se afirmar tranquilamente que ele morava na oficina. Mesmo nas suas horas de descanso, e ainda que estivesse de banho tomado, as suas unhas sujas de graxa indicavam que ali estava o borracheiro …

Continue reading

Podem ler o quarto capítulo do livro “A Máquina da Verdade” aqui! “Acho que minha câmara veio com defeito” Gabriel estava ficando cada vez mais intrigado, e cada fotografia nova que tirava deixava-o mais confuso. Um pensamento que passava por sua cabeça podia esclarecer o problema, mas deixava-o muito dececionado: “A minha câmara deve ter vindo …

Continue reading

Podem ler o terceiro capítulo do livro “A Máquina da Verdade” aqui! Deu a louca nas fotos No outro dia, depois da aula, Sandrinha apareceu de repente na casa de Gabriel. Seu namorado, como era óbvio, estava às voltas com sua câmera nova. — Estou começando a ficar com ciúmes dessa máquina, Biel — disse ela, …

Continue reading