OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

O capítulo anterior aqui. Tarde da noite no escritório. Frederico sabe que será preso. Virando copos de uísque, intenta esquecer, pelo menos naquela noite. Como começou? Atoleiro. Areia movediça. Reflete: “Quando se está no atoleiro, qualquer coisa que fazemos só nos faz afundar mais e mais. O negócio é ficar parado”. Será que a Polícia …

Continue reading

De todos os filósofos que estudei, Epicuro (341 – 270 a.C.) foi aquele com o qual mais me identifiquei na forma de pensar. Vamos explorá-lo um pouco? Após o período clássico grego, com o trio Sócrates, Platão e Aristóteles, surgem escolas alternativas e uma delas é no subúrbio de Atenas, com uma casa e os …

Continue reading

Juliana começara a escrever a sua crónica para o jornal de bairro, o mesmo onde Gregório assinava uma coluna comportamental. Aos poucos, Juliana foi se enturmando no lugar, fazia questão de distribuir ela mesma alguns exemplares assim como alguns folhetos que sempre levava consigo. E causas não faltavam: a necessidade de um albergue canino em …

Continue reading

Karl Marx (1818-1883) sentenciou certa feita: “Os filósofos já se cansaram de explicar o mundo. É dada a hora de transformá-lo“. Economista, sociólogo, jornalista e também filósofo, Marx é um destes pensadores intrigantes que quebraram a corrente e fincaram os pés na prática sem, contudo, se abster da teoria. Vamos contextualizar um pouco o seu …

Continue reading

“Da mesma forma como provavelmente não haja, segundo os médicos, ninguém completamente são, também se poderia dizer, conhecendo bem o homem, que não há um só que esteja isento de desespero, que não tenha lá no fundo uma inquietação, uma perturbação, uma desarmonia, um receio de não se sabe o quê de desconhecido ou que …

Continue reading