OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

No seu livro “O Humano Mais Humano“, com o subtítulo “O que a Inteligência Artificial nos Ensina Sobre a Vida” (Companhia das Letras, 367 p.), o jovem filósofo estadunidense Brian Christian aborda o quão dependente passamos a ficar das tecnologias que mapeiam todos os nossos passos e de como, em alguns casos, perdemos completamente a …

Continue reading

Nesses tempos de pandemia, um livro ganhou destaque e retornou às listas dos mais vendidos no mundo. “A Peste” (“La Peste“, em francês) é um dos melhores romances de Albert Camus (1913-1960), expoente daquilo que se convencionou denominar corrente existencialista, que teve em Jean-Paul Sartre (1905-1980) outro de seu ícone. Diferentemente do existencialismo ateu de …

Continue reading

Este conto é precedido pela história “Ativismo Feminista“ Andreia sempre foi de personalidade forte. Forte demais. Impossível discutir com ela sem levar desvantagem. Bem, pelo menos foi assim até o falecimento da mãe. Foi aí que a coisa mudou de rumo. Filha de Cecília, seus dilemas existenciais percorreram desde a mais tenra idade até a …

Continue reading

Este é a continuação do conto “Estrangeirismo“. Seria muito difícil Márcia não se tornar a pessoa que era. Ativista feminista a partir de uma vida tão sacrificada e nojenta, na parte em que a figura masculina sempre exercia o poder com mãos de ferro, sobre a mãe e sobre ela mesma. Crescera no ambiente truculento …

Continue reading

As pessoas me questionam muito acerca da atividade de filósofo. Ainda bem que aquele cliché do filósofo ser um cara descabelado, com óculos fundo de garrafão e meio alheio às coisas práticas da vida caiu em desuso. Para quem consegue enxergar para além dos clichés, é importante elencar o filósofo como um pensador sobre problemas …

Continue reading