OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Este ano redondo viu morrer dois ilustres pensadores e de modo trágico: enquanto Friedrich Nietzsche se despedia do mundo pela sífilis e loucura, Oscar Wilde, nascido em 1854, num quarto ordinário de pensão em Paris, falecia tendo um enterro como indigente e pouco sabiam ambos que teriam seus nomes eternizados pela história das letras e …

Continue reading

“Aquele que sempre cuidou muito de si, acaba por se tornar enfermiço com o excesso de cuidado. Bendito seja o que endurece! Não gabo o país onde fluem manteiga e mel!” O livro “Assim Falava Zaratustra”, de Friedrich Nietzsche (Edições e Publicações Brasil Editora, 287 p.) é um livro fantástico! Simples assim. Escrito entre 1883 …

Continue reading

Todo movimento da História necessita de um certo distanciamento de modo a permitir a fria interpretação dos factos. Por ser um ensaio histórico, o livro “O Homem Revoltado” (Record, 351 p.) (“L’Homme Révolté“), do franco-argelino Albert Camus (1913-1960), publicado em 1951, justifica a sua leitura nos dias atuais, quer pela beleza de estilo, quer pela …

Continue reading

“Clã Wagner” (em português), da realizadora Christiane Balthasar, e com a participação de Heino Ferch, Iris Berben, Justus Von Dohnányi, Petra Schmidt-Schaller e Vladimir Burlakov, é um filme alemão de 2013, mais propriamente um drama que narra a vida da família do compositor Richard Wagner, que em 1883, em Veneza, veio a falecer. Esta obra …

Continue reading

Fiódor Dostoiévski (1821–1881) é o que se pode chamar de um escritor completo. Completo e complexo. Em “Os Irmãos Karamázov” a literatura russa encontra o seu apogeu e transborda ao mundo a narrativa ampla, investigativa acerca das coisas da vida, dos amores e conflitos, etc. Mais que um escritor, Dostoiévski foi um psicólogo, mesmo que …

Continue reading