OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Provavelmente, o trabalho mais aclamado do compositor italiano Ludovico Einaudi, que ficou conhecido pela incorporação de vários estilos musicais, como música erudita, ambiental, pop, rock, world e folk, e pelas bandas sonoras em filmes como “Amigos Improváveis” (2011), “O Terceiro Assassinato” (2017), e na mini-série “Doctor Zhivago” (2002).

Certamente uma das obras mais importantes da música minimalista, “Music For 18 Musicians” foi apresentada ao vivo pela primeira vez em Abril de 1976 no Town Hall em Nova Iorque e, em seguida, lançada pela ECM New Series dois anos depois. É um dos expoentes máximos da carreira de Steve Reich e uma composição feita …

Continue reading

No final dos anos 70, Glenn Branca estava a trabalhar em teatro experimental e com a sua banda de punk, Theoretical Girls, em Nova York. Após apenas 20 concertos, o projecto terminou e Branca lançou a sua carreira a solo e, junto com Ed Bahlman, fundou uma gravadora independente chamada de 99 Records.

Após a Segunda Guerra Mundial, o serialismo foi o som que dominou a música moderna, que enfatiza as progressões e variações estruturais. Em 1964, como resposta a esse fenómeno, Terry Riley compôs In C para qualquer número de qualquer tipo de instrumento. Considerada frequentemente como a primeira composição minimalista, este trabalho teve tanta influência e …

Continue reading