OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Às vezes, tudo o que basta é o primeiro plano: a câmara encontra-se estacionada numa viatura, com a lente na direção de uma casa campestre. O formato da tela parece encaixotado, até que o movimento dianteiro quebra as paredes artificiais e revela a chegada da polícia, que se encontra diante um massacre invisível à audiência. …

Continue reading

É difícil de imaginar circunstâncias mais desumanas do que aquelas experienciadas no teatro de guerra (como em “Onoda…”). A carne é desfeita, os ossos quebram e as vidas cessam antes de cumprirem o seu ciclo natural. Aqueles que resistem, inteiros ou em partes, retomam a mundanidade da rotina, acompanhados pelo fantasma do trauma. Em grau …

Continue reading

Em pleno século XXI, tempo em que as opiniões são cada vez mais numerosas e irrefletidas, considero relevante resgatar uma pergunta que volta e meia ouço: “Para que serve a crítica de cinema?” É uma questão legítima. Afinal de contas, qualquer pessoa, tendo acesso a uma determinada obra cinematográfica, pode (e deve) emitir o seu …

Continue reading

O final do ano é sinónimo de 12 passas e a tradicional lista dos melhores filmes do ano. Como não gosto de passas, fico-me pelos filmes (e dois ou três copos de espumante). Arbitrárias por natureza, as pautas proporcionam a oportunidade de refletir sobre o ano cinematográfico e quais foram os momentos mais marcantes na …

Continue reading

Depois de “Joker” (2019), o ator Joaquin Phoenix protagoniza um filme que está longe de ser uma piada. Com uma atitude esperançosa para com a humanidade, “C’mon C’mon” é um drama com contornos cómicos que explora matérias complexas como a paternidade e a roda das emoções. Sempre de forma inquisitiva e curiosa, a narrativa coloca …

Continue reading