OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

A inusitada frase “Ninguém escreve ao coronel” foi ouvida numa música de Humberto Gessinger, Sua Graça. O ex-Engenheiros do Hawaii é reconhecido pelas inserções literárias nas suas músicas, tais “pergunte ao pó por onde andei” (referência a John Fante); “Eu me sinto estrangeiro, passageiro de algum trem” (Albert Camus); “O Exército de um homem só” …

Continue reading

To view this content, you must be a member of Diogo’s Patreon at $3 or more Unlock with PatreonAlready a qualifying Patreon member? Refresh to access this content.