OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Luís de Camões foi um dos impulsionadores da chamada “medida velha”, expressa em redondilhas (menor ou maior). Por outro lado, a dita “medida nova” praticou-a na poesia épica d’”Os Lusíadas“. Ademais, nos seus sonetos, o escritor consegue imergir em temas substanciais como o amor, a tristeza, a saudade, a religião e a própria Natureza. Mais …

Continue reading

Hoje em dia, e naturalmente desde sempre, o papel do leitor revelou-se como tudo menos passivo, na tentativa de estabelecer conexões entre o que é escrito e quem escreve (o que se lhe vai na alma). Ser um (bom) leitor passa, sobretudo, por prestar uma atenção absoluta àquilo que se lê, não descorando a sua …

Continue reading

Da brilhantíssima mente irlandesa de Oscar Wilde nasceu “The Picture of Dorian Gray” (“O Retrato de Dorian Gray“), uma obra clássica e incomparável, repleta de personagens intensas e irreverentes, cujas histórias nos colocam no abismo de nós mesmos. No entanto, para entender ou sequer apreciar verdadeiramente as palavras desta história de encantadores horrores, é imprescindível …

Continue reading

A Literatura é património de cada país (num sentido mais lato, do mundo), que é no fundo uma homenagem com um talento, ou uma junção de talentos. Porque é que ela é assim tão importante? É porque nos permite mudar, ou reformular, mentalidades? Ou é também porque nos permite perceber o porquê de ser a …

Continue reading

José de Sousa Saramago, neto de camponeses, nasceu na Azinhaga, no Ribatejo, foi serralheiro mecânico e subdirector do Diário de Notícias, e é o nosso único Nobel da Literatura da história. Mas, uma das coisas mais fascinantes a constatar nele é o facto de só ter começado a escrever de forma independente a partir dos …

Continue reading