OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Depois do sucesso dos dois primeiros jogos da série Silent Hill, que começou como uma espécie de cult following cresceu para um dos mais emblemáticos franchises, oferece a “Silent Hill 3” uns ‘grandes sapatos’ a preencher. No passado, a Team Silent evitou ir longe demais com os elementos de horror, não porque precisava, mas porque …

Continue reading

Depois do terror de tirar o folego em “Silent Hill“, há razões mais que suficientes para voltar à tão misteriosa cidade. Agora em 2001, na sexta geração das consolas. Com o inesperado sucesso do primeiro jogo, “Silent Hill 2” foi um dos jogos mais esperados ao virar do século, principalmente por aquilo que o melhor …

Continue reading

Desde 2000 que há uma infindável discussão sobre se os vídeos jogos podem ser arte ou não. Apesar de toda a troca de argumentos, a verdade é que o videojogo não pode ser considerado arte. Nas palavras de Hideo Kojima, criador da série de jogos “Metal Gear“, apesar de os videojogos poderem conter qualidades artísticas, …

Continue reading