OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Todas as vezes que pesquiso manuais de literatura como o “A Literatura Portuguesa“, de Massaud Moisés (1928-2018); “História Concisa da Literatura Brasileira“, de Alfredo Bosi (1936-2021) ou “Teoria da Literatura“, de Vítor Manuel de Aguiar e Silva (1939), que recebeu o Prémio Camões de 2020, penso naquela frase repetida por Isaac Newton (1643-1727): “Se eu …

Continue reading

Que triste é a pena de desterro, de exílio, de banimento. A expulsão da pátria que amamos para um lugar de solidão, de isolamento, de retiro ermo. Passar de um estado para outro é assustador. Principalmente aquele hiato que é o tempo de nos instalarmos numa nova realidade, como o peregrino que finca uma tenda …

Continue reading

Chegou-me de Lisboa, via Correio, este maravilhoso “Alfarrobeira…”. Autografado, foi com sentimento que passei a lê-lo para conhecer a verve literária de Luís Tiago, escritor do outro lado do Atlântico. Quando estudamos a literatura de um país, e ainda mais sendo este país Portugal, é corriqueiro remetermos a Camões, Fernando Pessoa, Florbela Espanca, Saramago, Valter …

Continue reading

Gregório, Nico e Brigitte. Viagens que irão definir objetivos aos nossos três amigos. Na mesma semana em que Brigitte embarcara no Air France para Paris, Nicodemos foi desmascarado em sua farsa. Convidado pela escola em que trabalhava a fazer um intercâmbio em Dublin, saiu com evasiva. — Não posso. Tenho questões familiares a resolver aqui. …

Continue reading

Fiódor Dostoiévski (1821–1881) é o que se pode chamar de um escritor completo. Completo e complexo. Em “Os Irmãos Karamázov” a literatura russa encontra o seu apogeu e transborda ao mundo a narrativa ampla, investigativa acerca das coisas da vida, dos amores e conflitos, etc. Mais que um escritor, Dostoiévski foi um psicólogo, mesmo que …

Continue reading