OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Podem encontrar o capítulo anterior aqui! Márcia contatou Gregório. Fizeram as pazes. Márcia admitiu que tinha se excedido, Gregório relevou e combinaram de se encontrar. No encontro, Márcia confiou ao amigo uma missão: ir junto com ela a uma favela barra pesada, pois tinha que resolver questões pessoais. Gregório quis saber se se tratava de …

Continue reading

O capítulo anterior aqui. Tarde da noite no escritório. Frederico sabe que será preso. Virando copos de uísque, intenta esquecer, pelo menos naquela noite. Como começou? Atoleiro. Areia movediça. Reflete: “Quando se está no atoleiro, qualquer coisa que fazemos só nos faz afundar mais e mais. O negócio é ficar parado”. Será que a Polícia …

Continue reading

O livro “Camus e Sartre: O polémico fim de uma amizade no pós-guerra” (Editora Nova Fronteira, 2004, 399 p.) de Ronald Aronson, é mais do que uma biografia partidária e mexeriqueira tratando de coisas pequenas. Jean-Paul Sartre (1905-1980) e Albert Camus (1913-1960) foram dois pesos pesados da literatura/filosofia/política francesa no século XX. Dois intelectuais muito …

Continue reading

Gregório, Nico e Brigitte. Viagens que irão definir objetivos aos nossos três amigos. Na mesma semana em que Brigitte embarcara no Air France para Paris, Nicodemos foi desmascarado em sua farsa. Convidado pela escola em que trabalhava a fazer um intercâmbio em Dublin, saiu com evasiva. — Não posso. Tenho questões familiares a resolver aqui. …

Continue reading

“Aquele que sempre cuidou muito de si, acaba por se tornar enfermiço com o excesso de cuidado. Bendito seja o que endurece! Não gabo o país onde fluem manteiga e mel!” O livro “Assim Falava Zaratustra”, de Friedrich Nietzsche (Edições e Publicações Brasil Editora, 287 p.) é um livro fantástico! Simples assim. Escrito entre 1883 …

Continue reading