OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Juliana começara a escrever a sua crónica para o jornal de bairro, o mesmo onde Gregório assinava uma coluna comportamental. Aos poucos, Juliana foi se enturmando no lugar, fazia questão de distribuir ela mesma alguns exemplares assim como alguns folhetos que sempre levava consigo. E causas não faltavam: a necessidade de um albergue canino em …

Continue reading

Asilo pequeno num bairro distante da cidade. Casa com quatro cômodos apenas; por mais que as voluntárias se esforçassem para manter certo ar de dignidade, o lugar cheirava a merda. Campanhas feitas pela associação de bairro, pelos paroquianos e por todos aqueles que sentiam pena, numa espécie de caridade cristã (mas desde que não fosse …

Continue reading

Gregório, Nico e Brigitte. Viagens que irão definir objetivos aos nossos três amigos. Na mesma semana em que Brigitte embarcara no Air France para Paris, Nicodemos foi desmascarado em sua farsa. Convidado pela escola em que trabalhava a fazer um intercâmbio em Dublin, saiu com evasiva. — Não posso. Tenho questões familiares a resolver aqui. …

Continue reading

“Aquele que sempre cuidou muito de si, acaba por se tornar enfermiço com o excesso de cuidado. Bendito seja o que endurece! Não gabo o país onde fluem manteiga e mel!” O livro “Assim Falava Zaratustra”, de Friedrich Nietzsche (Edições e Publicações Brasil Editora, 287 p.) é um livro fantástico! Simples assim. Escrito entre 1883 …

Continue reading

Se não se recordam do conto da semana passada, podem encontrá-lo aqui! No dia seguinte lá estava Gregório enfrentando uma sala de aula novamente. A sorte era que não era a sala de Carla, mas o ambiente todo na escola estava nublado. Gregório pressentia os olhares enviesados, os julgamentos e a hipocrisia que acontece sempre …

Continue reading