OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

No próximo dia sete de setembro, o Brasil comemora os 200 anos da sua Independência de Portugal, se bem que antes, em 1808, com a vinda da família real para a colónia, e com a consequente abertura dos portos, possa se entender essa faceta independente antes. Observo com satisfação que diferentemente de outras colónias e …

Continue reading

O capítulo anterior aqui. Tarde da noite no escritório. Frederico sabe que será preso. Virando copos de uísque, intenta esquecer, pelo menos naquela noite. Como começou? Atoleiro. Areia movediça. Reflete: “Quando se está no atoleiro, qualquer coisa que fazemos só nos faz afundar mais e mais. O negócio é ficar parado”. Será que a Polícia …

Continue reading

Louis-Ferdinand Céline (1894-1961) é um escritor francês muito fácil de se detestar. Rotulado de mau-caráter, antissemita e colaboracionista quando da invasão da França pelos nazis, o seu livro mais conhecido é “Viagem ao fim da Noite“. Foi na Livraria do CCBB de Belo Horizonte que adquiri a obra alvo desta crítica. Publicada pela Companhia das …

Continue reading

No seu livro “O Humano Mais Humano“, com o subtítulo “O que a Inteligência Artificial nos Ensina Sobre a Vida” (Companhia das Letras, 367 p.), o jovem filósofo estadunidense Brian Christian aborda o quão dependente passamos a ficar das tecnologias que mapeiam todos os nossos passos e de como, em alguns casos, perdemos completamente a …

Continue reading