OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

“Se nos cai nas mãos um volume, por exemplo, de teologia ou de metafísica escolástica, perguntamo-nos: contém alguma argumentação abstrata sobre a quantidade ou os números? Não. Contém alguma argumentação experimental sobre questões de facto e existência? Não. Então, que seja jogado ao fogo, pois contém apenas sofismas e ilusões” David Hume (1711-1776) foi um …

Continue reading

O texto “Resposta à pergunta que é o esclarecimento” (Aufklärung) (tradução de Raimundo Vier em Textos Seletos, Petrópolis, Vozes, 1985, p. 100-117) de Immanuel Kant, propõe-nos uma questão interessante: o papel da razão foi diferentemente concebido entre franceses (Rousseau e Montesquieu, Condillac e os enciclopedistas); ingleses (Berkeley e Hume); alemães (Wolff, Lessing, Baumgarten, Kant); portugueses …

Continue reading

Para irmos ao encontro do pensamento de Kant, imaginemos a seguinte cena: um indivíduo entra em sua casa esbaforido e assustado, afirmando que está sendo perseguido por um assassino que tenta matá-lo. Você sai assustado e, ainda tentando se recompor do susto e do inusitado da ocorrência, se depara com o perseguidor armado que te …

Continue reading

Konigsberg é uma cidade prussiana-alemã na sua origem, que após a II Guerra Mundial passou a chamar-se Kaliningrado e ficou sob a tutela russa. Mas vamos voltar no tempo e nos remeter ao Estado da Prússia que viu nascer o seu filho mais ilustre: o filósofo Immanuel Kant (1724 – 1804). O marco divisor na …

Continue reading