OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

“A ordem moral tem as suas leis, que são implacáveis, e sempre se é castigado por infringi-las. Há sobretudo uma, à qual o próprio animal obedece instintivamente, e sempre. É a que nos ordena fugir de qualquer pessoa que nos foi nociva uma primeira vez, com ou sem intenção, voluntária ou involuntariamente. A criatura de …

Continue reading

Um ensaio é pouco para discorrer acerca de “Ilusões Perdidas“, do francês Honoré de Balzac, de modo que farei uma breve introdução acerca do homem Balzac, acentuando algumas características bem peculiares. A seguir, discorrerei sobre o livro em si, dividindo a narrativa em partes, a ver: a descrição da província francesa Angoulême, e a descrição …

Continue reading

Como no filme “Meia Noite em Paris” (2011), de Woody Allen, uma família brasileira excursionava pela França e visitavam avidamente a Cidade Luz. Honório estava com a sua esposa, e na companhia de seus sogros. Saltava aos olhos as diferenças de opiniões e gostos entre ele e os outros. Nos dois primeiros dias em Paris, …

Continue reading