OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Ennio Morricone, maestro italiano cujas composições atmosféricas para westerns spaghetti e cerca de 500 filmes fizeram dele um dos compositores mais versáteis e influentes do mundo e do cinema moderno, morreu na segunda-feira (6 de julho) em Roma. Tinha 91 anos.

“Django Libertado” (2012) inicia a sua acção dois anos antes da Guerra Civil, algures no Texas. Dr. King Schultz – interpretado de forma exímia por Christoph Waltz – procura um bando de escravos, nomeadamente o de Django (Jamie Foxx), conhecedor de três criminosos com a cabeça a prémio. Dr. King ia, precisamente, em busca do …

Continue reading

A primeira parte deste artigo está disponível aqui. No cinema, um filme que retrata uma grande parte do que está a ser explicado é “Cães de Palha” (1971), do realizador norte-americano Sam Peckinpah. Este decorre no meio rural de Inglaterra, e é caracterizado pela brutalidade e violência, onde as personagens são levadas a situações extremas. …

Continue reading

Vivemos uma fase distinta nas nossas vidas, em que uma epidemia confinou muitos de nós às nossas casas, e em que diversas actividades como filmes, música, leitura, escrita, entre outras, acabam por ver o nosso relevo devidamente incrementado. No que à sétima arte diz respeito, apresento uma lista pessoal cuja ordem não se coaduna necessariamente …

Continue reading

Foi com muita perplexidade que constatei, uns meses depois de ter visto a película, que esta se tratava, na verdade, de um fenómeno nunca visto anteriormente. É difícil chegar até a um filme tão universalmente aceite e rendido à profundeza cinematográfica que traduz, ou talvez apenas quanto ao filme em si, às sensações que traz, …

Continue reading