OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Passados quatro anos de “Os Oito Odiados” (2015), o novo filme de Quentin Tarantino, “Era Uma Vez em… Hollywood“, chega numa altura em que já tínhamos saudades do realizador. Esta película teve uma ovação de sete minutos em Cannes, o que fazia antever uma obra, no mínimo, sagaz e paradigmática (q.b.).

“A Árvore da Vida” é um filme que respira natureza: é uma lufada de tempo, espaço, passado, presente e futuro. Lento, muito lento, eis uma narrativa que vai caminhando sem lógica, com sentimento, mas que inicia de forma prolífica o desenrolar com monólogos e invocações a um Deus. Critica-se fundamentalmente o propósito do filme. A …

Continue reading

Sei que 2019 foi um excelente ano para o cinema quando reparo nos filmes que ficaram de fora da lista final. Entre os quais a biografia de Elton John, “Rocketman“, que foi realizada com distinção por Dexter Fletcher, ou até mesmo “A Herdade“, um dos melhores filmes portugueses dos últimos anos que tive o prazer …

Continue reading

“Ad Astra” é um filme muito poderoso, um filme que trabalha com o sentimentalismo e com a verdade humana. Um facto muito importante é o passado nos “atormentar”: estará sempre presente mesmo que o ignoremos, mesmo que o ponhamos para trás das costas, ou seja, o passado é, muitas vezes, o nosso presente e determinará …

Continue reading

É, sem qualquer dúvida, um dos estilos cinematográficos mais apreciados pelos fãs de cinema, os épicos. Seja pela grandiosidade dos cenários, seja pela temática centrada em grandes figuras da história ou apenas pelo efeito visual que normalmente estes filmes nos proporcionam, os épicos têm vindo a marcar a história do cinema ao longo das décadas. …

Continue reading