OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

“Canção, neste desterro viverás, / Voz nua e descoberta, / Até que o tempo em eco te converta”: eis a epígrafe da peça “Que farei com este livro?”, que dá o mote para o está prestes a começar. Estes versos dão a ideia, correcta, de uma voz (livro, autor) que está prestes a ecoar pelo …

Continue reading

A partir de textos criados pelo pintor, dramaturgo, romancista, ensaísta, poeta e escritor Almada Negreiros, uma das principais figuras do movimento futurista português na primeira metade do século XX, “al mada nada” chega-nos em formato de ensaio gravado, onde a arte física se mistura com a magia das câmaras. Uma experiência multidisciplinar que prova que …

Continue reading

Inspirada no livro de Jorge Amado (“Capitães da Areia“), “Margem” é uma peça intensa, rítmica e textualmente provocadora. Esta conta a história de oito rapazes e uma rapariga que carregam consigo memórias de amor, perda, violência, luta, amizade ou solidão. A partir da leitura do livro, o encenador da peça, Victor Hugo Pontes, procurou a …

Continue reading