OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

“Lightyear” (2022) conta a história de Buzz Lightyear, um dos brinquedos da coleção de personagens do quarto de Andy, no universo “Toy Story“. Buzz Lightyear é o protagonista, deste que é, precisamente, o filme preferido de Andy. O filme é escrito e realizado por Angus MacLane, dividindo, também, os créditos do argumento com Jason Headley …

Continue reading

Com a celebração de mais um Halloween, fica implícito um novo convite para examinar com maior atenção obras artísticas do género do terror, sejam elas unanimemente célebres ou geradoras de maior discórdia. Embora OBarrete tenha aproveitado a ocasião para fazer uma retrospetiva da aclamada série “Silent Hill”, é deixada aqui uma outra sugestão gaming mais …

Continue reading

“Era uma vez, há muito, muito tempo…”, é a forma clássica de como a Pixar escolhe começar “Onward”, em português “Bora Lá“. Uma decisão adequada, dado que o prestigiado estúdio de animação tem vindo a alimentar a alma das audiências por via da conjunção de qualidade com nostalgia. Mas esqueçam o espaço e as galáxias …

Continue reading

Desde que George Méliès alunou na esfera solitária da curta-metragem “Le voyage dans la lune” (“Viagem à Lua“,1902) que a animação se apresentou como o género indicado para dar asas à imaginação. Seja em dimensões alternativas ou ficções mais mundanas, os limites têm sido progressivamente quebrados. Há muito tempo que estamos num ponto em que, …

Continue reading

Ainda não estava cumprida a primeira década do século XXI e a Pixar já era um nome sonante no reino animado do cinema. A título de exemplo, no ano anterior à estreia de “Up” (2009), o estúdio já havia lançado uma das histórias de amor mais distintas e tocantes de sempre do género: “WALL-E” (2008). Não …

Continue reading