O BARRETE

Porque A Arte Somos Nós

Há discos que mudam a vida de uma pessoa, mudam até a história da música, que criam um tremendo impacto que a humanidade não consegue prosseguir como era dantes. Ao longo da história do rock, alguns discos chegaram ao topo do Olimpo e permaneceram até aos dias de hoje como clássicos. Música incontornável que recebe …

Continue reading

Quando ouço este disco, sinto uma carga emocional preenchida com imagens e sons envolventes, muito difíceis de encontrar noutros registos. Esta rapaziada iniciou a sua carreira nos inícios da década de 1980, ficando conhecidos por diversos sucessos comerciais, tais como Talk Talk e It’s My Life, a tal ponto que a EMI lhes proporcionou a …

Continue reading

Andrew Hill foi um pianista de jazz que só fazia a música que ele queria fazer. Apenas procurou músicos que pudessem concordar com a sua visão sobre o futuro do jazz. As complexas constelações de Hill no início e meados dos anos 60 estendiam-se amplamente entre o conhecido post-bop e avant-garde jazz. Nas gravações deste …

Continue reading

“The Soft Machine”, produzido por Chas Chandler e Tom Wilson, é o álbum de estreia de um dos dois grupos que surgiu após o fim de The Wilde Flowers, e o início de uma transformação longa e próspera que envolveu muitas mudanças e estilos subtis. Principalmente devido à mudança frequente de músicos, tornando-o um álbum …

Continue reading

Frank Zappa foi um dos músicos que abriu portas tão largas que ainda hoje continua a ser uma grande influência. Portanto, abordar um álbum conceptual que resume perfeitamente a continuidade conceptual desse génio não merece detalhes a serem esquecidos. Quando Zappa lançou “One Size Fits All” em junho de 1975, tudo foi calculado. Através da …

Continue reading