OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Aos 26 anos de idade, em 1968, Chick Corea já desenvolvera grande afinidade pelo jazz afro-cubano enquanto trabalhava com Mongo Santamaria e Sonny Stitt, entre outros. Ele compôs e organizou uma dimensão de álbuns como como “Boss Horn”, de Blue Mitchell, viu as suas composições gravadas por nomes como Hubert Laws, Donald Byrd ou por …

Continue reading

Andrew Hill foi um pianista de jazz que só fazia a música que ele queria fazer. Apenas procurou músicos que pudessem concordar com a sua visão sobre o futuro do jazz. As complexas constelações de Hill no início e meados dos anos 60 estendiam-se amplamente entre o conhecido post-bop e avant-garde jazz. Nas gravações deste …

Continue reading

Depois de tudo o que é possível aprender com Andrew Hill e Thelonious Monk, surge Herbie Hancock para uma nova reformulação. De 1964 a 1973, Herbie teve uma das carreiras mais consistentemente criativas que o jazz já viu. Se Herbie tivesse parado de gravar naquela altura, este continuaria a ser considerado um dos lendários génios …

Continue reading