OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

A cidade do Porto, “Património Mundial da Humanidade”, recebe um dos festivais de cinema mais prestigiados a nível europeu e mundial – o Fantasporto. Assim é conhecido o Festival Internacional de Cinema do Porto. Este ano celebra 40 anos e irá realizar-se, como é habitual nas últimas edições, no Rivoli Teatro. Esta “celebração do cinema” irá ocorrer de 25 de fevereiro a 8 de março.

São 13 dias de festa, onde produtores, realizadores, atores, atrizes distribuidores e público se fundem num programa multifacetado, com filmes de todas as proveniências e géneros – desde Taiwan à Argentina. Não é de admirar que a par de um filme de ficção científica ou de terror, seja exibido um drama intimista, um documentário, um filme de autor ou até uma obra de cariz experimental. Será um ano de celebração e de recordação dos grandes nomes do cinema que o Fantasporto catapultou para a fama.

Já passaram pelo festival nomes como Max von Sydow, Guillermo del Toro, Wim Wenders, John Hurt, Rosana Arquette, Danny Boyle, Ben Kingsley, ou Paul Schrader. Este será um ano de homenagens e a estrutura competitiva será a mesma. Exibir-se-ão grandes clássicos no FANTAS CLASSICS. Haverá CINEMA. E ainda conferências, debates, Q&A’s, escolas de cinema que mostram os seus filmes, apresentações de livros, exposições de Artes Plásticas, apelando sempre à criação do gosto cultural.

A programação, sempre muito recente, incorporará produções em Antestreia Mundial, Internacional e Europeia que fazem vir ao Porto dezenas de jornalistas e distribuidores estrangeiros para ver em “primeira mão” os filmes que ainda vão entrar no circuito comercial. Em paralelo, realizam-se também as Industry Screenings, um meio de ligação à Industria do Cinema. Homenageados serão vários, sendo que um deles, amigo do Festival de há longa data, será o realizador Julian Richards – do qual serão exibidos cinco filmes e a sua JINGA FILMS cujos filmes mais marcantes terão exibição garantida. De volta estará também o mais recente cinema vindo de Taiwan. Isto e muito mais, na edição deste ano do Fantasporto.

FANTAS CLASSICS

Blade Runner

“Blade Runner”, Ridley Scott (1982) – Um dos filmes mais visionários do cinema, “Blade Runner” valeu a Ridley Scott um lugar entre os cineastas de culto do fantástico. Esta história de um policial que tem como missão capturar e matar “replicantes”, máquinas que dificilmente se distinguem dos humanos, que se tinham apoderado de uma nave e voltado à terra para encontrar o seu criador.

A obra tem ressonâncias shakespereanas, e conta com Harrison Ford e Rutger Hauer no elenco, sendo que este último faz de replicante protagoniza uma das mortes em filme mais impressionantes do cinema, papéis de indiscutível repercussão. “Blade Runner” fez a sua Antestreia no Fantasporto 1983, na 3.ª edição. O festival fez também a Antestreia Europeia da versão “Blade Runner: Director’s Cut” em 1993.

Trailer

Bram Stoker’s Dracula

“Bram Stoker’s Dracula”, Francis Ford Copolla (1992) – O filme baseia-se no grande clássico da literatura, “Dracula“, escrito por Bram Stoker em 1897, que se converteu em fonte de inspiração para mais de uma centena de filmes, como o de F.W. Murnau, e cuja personagem principal tem atraído ao longo do tempo dezenas de realizadores. Também Coppola, um dos mestres do cinema, não fugiu à regra, construindo uma sumptuosa versão da vida do vampiro aristocrata e dando um papel inesquecível ao versátil Gary Oldman, vencedor de um Oscar por “The Darkest Hour” em 2018.

O Fantasporto apresentou este filme em Antestreia portuguesa em 1993, numa sessão-surpresa, quase não anunciada e super-reservada, segundo o desejo do distribuidor, uma prenda para os seus espectadores.

Trailer

Raging Bull

“Raging Bull”, Martin Scorsese (1980) – A história real de um boxeur famoso, Jake La Motta, pela mão de um dos maiores realizadores vivos, Martin Scorsese. Com Robert de Niro num papel que o fez engordar 30 quilos, mas que realça ainda hoje o seu lugar como um dos maiores actores do cinema. Sobre “Raging Bull”, Scorsese admite que não queria fazer o filme mas que Robert de Niro convenceu-o. Diz o realizador, “Não percebo nada de boxe. Para mim é como um jogo de xadrez físico“. O Fantasporto associa-se à celebração dos 40 anos da estreia.

Trailer

CINEMA FANTÁSTICO

Bullets Of Justice

Bullets Of Justice“, Valeri Milev (2019) – Durante a Terceira Guerra Mundial, os americanos iniciam um projecto secreto para criar um super-soldado combinando humanos com porcos. 25 anos mais tarde, uma raça chamada Muzzies ocupa o topo da cadeia alimentar e criam humanos para comer. Um grupo de sobreviventes humanos, escondido num subsolo, vai tentar descobrir como os Muzzies chegaram ao poder e destruí-los.

Trailer

Clarita

“Clarita”, Roderick Cabrido (2019) – Nos anos 50, um caso de possessão faz notícia nos jornais. A vítima é uma jovem. Os padres debatem como hão-de solucionar o caso que já causou várias mortes e que parece genuíno. Clarita é um enigma. A solução pode estar no seu passado.

Trailer

Dead Dicks

Dead Dicks“, Chris Bavota, Lee Paula Springer (2019) – Depois de receber uma chamada do irmão Ritchie que tem tendências suicidas, Rebecca encontra-o no apartamento bem de saúde mas rodeado de mortos iguais a ele. Um dos filmes mais originais dos últimos tempos, onde o fantástico se cruza com uma história dramática e terna entre irmãos, não muito longe dos filmes de David Lynch. Selecção do Fantasia Festival (Montreal).

Trailer

Detention

“Detention”, John Hsu, Fu Kai-Ling (2019) – Com Taiwan ainda sob o regime comunista, uma escola luta contra a repressão organizando um clube literário. Para os alunos e os estudantes, mais cedo ou mais tarde, é inevitável o encontro com o monstro e serem apanhados por ele. Uma história de amor e morte, de repressão e liberdade. Primeira longa-metragem do realizador já premiada.

Trailer

Fallen

“Fallen”, Lee Jung-Sub (2019) – Uma escritora famosa em todo o mundo pelos seus livros de ficção científica está sob ameaça de ser ostracizada pela sociedade porque a sua vida privada foi tornada pública. Raptada num bar, é levada inconsciente e acorda num armazém, com fita na boca e no corpo tem “Fallen” escrito. Tem de tentar escapar. Entretanto, uma mulher que está na prisão diz que vem do futuro depois de cometer crimes horríveis.

Trailer

Guitarist

“Guitarist”, Jason Orfalas (2019) – Numa sociedade repressiva no futuro, de partido único, que apenas oferece pobreza e pastilhas à população, que proíbe a música e queima livros, e onde a diferença entre a vida e a morte é pequena. Marcelo é um jovem que contesta o sistema militarizado que o explora e a muitas outras crianças, muitas delas entregues à nascença para serem bons soldados.

Trailer

I Am Toxic

“I Am Toxic”, Daniel De La Vega, Pablo Parés (2018) – No ano 2101 uma guerra química no hemisfério norte e a sul causou fome e devastação. Um homem acorda no meio de cadáveres, desorientado. No céu, os aviões despejam os mortos. É salvo dos “secos” por um homem que o leva para um local onde há água. Afinal, quem é mais perigoso? Seleccionado para os Festivais de Bruxelas, Roterdão IFF, Mar del Plata e Fantaspoa, entre outros.

Trailer

Koko-Di Koko-Da

Koko-Di Koko-Da“, Johannes Nyholm (2019) – Um casal que procura reencontrar-se, é aterrorizado quando vai acampar por um grupo estranho liderado por um mestre de cerimónias. Variações sobre o horror. Quem pode vencer o círculo infernal? Quem pode escapar vivo? Uma história de dor? Selecção dos festivais de Sundance, Roterdão, Seattle, entre outros.

Trailer

Loop

“Loop”, Bruno Bini (2019) – Quando se viaja no tempo, há riscos inesperados. Revisitar o passado nem sempre é uma grande ideia e, para Daniel, as coisas podem acabar em pesadelo. Produzido pelo conhecido Fernando Meirelles, já nomeado para os Óscares por “Cidade de Deus“, conta com os conhecidos actores Bruno Gagliasso e Branca Messina.

The Soul Conductor

“The Soul Conductor”, Ilya Maksimov (2019) – Rodeada de fantasmas a vida toda, Katya anda à procura da sua irmã gémea, Larissa, que desapareceu. Mas parece não ter ajuda de ninguém da aldeia, nem da própria polícia. Afinal, não foi só a irmã que desapareceu, foram mais pessoas. O segredo começa a revelar-se. O filme é distribuído pela Fox.

Trailer

Welcome To The Circle

“Welcome To The Circle”, David Fowler (2020) – Um homem e a filha têm um acidente de carro. São recolhidos numa casa isolada na floresta por duas mulheres e um homem com a linguagem própria de uma seita – o Círculo. Uns estranhos manequins estão espalhados pelo local. Grady tem um plano para salvar os prisioneiros do grupo. Rodado em 2017 mas só agora lançado, o filme pertence ao género de horror, e é o 1.º filme do realizador canadiano David Fowler.

Trailer

Para além dos filmes mencionados, serão exibidas mais obras dentro da categoria de “Cinema Fantástico”. Poderão consultar a programação completa no site do Fantasporto: http://www.fantasporto.com/

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: