OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Neste nonagésimo-nono podcast, Bernardo Freire, Diogo Passos e Tiago Ferreira são incumbidos de escolherem os 10 melhores filmes de 2022, em conjunto com três menções honrosas, cada um. Nunca sendo uma tarefa fácil ou decidida de ânimo leve, os cinéfilos começam por enumerar as três escolhas que tiveram muito perto de entrar nas dez melhores longas-metragens. Depois, à vez, vão sendo reveladas as melhores obras a não perder do ano anterior – com o critério de estas terem sido estreadas em Portugal, via streaming ou sala de cinema, durante o ano transato.

Ler mais

O calibre dos filmes que se ficam por menções honrosas revela desde logo o quão difícil foi chegar ao pódio final. Este ano, “X“, de Ti West, “Alcarràs“, de Carla Simón e “Reunião“, de Fran Kranz foram as produções que não levaram a medalha, mas saíram com um chorudo certificado. São recomendações automáticas por razões diferentes, o que reflete a diversidade e riqueza narrativa de 2022, um ano que será recordado com carinho no plano cinematográfico.

Ler mais

Perante a maior dificuldade, a capacidade de nos adaptarmos a uma nova realidade, a um novo mundo fora da nossa esfera comum, fora da nossa zona de conforto, é essencial para termos sucesso na tarefa infinita de sobrevivência, quer física, quer mental. Pelo caminho certamente encontraremos obstáculos, inclusive, pessoas que não nos aceitem por, lá está, sermos diferentes, mas com o tempo, com demonstração de união, espírito coletivo, compromisso e respeito, tudo acabará por fluir coletivamente.

Ler mais