OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Depois do cineasta James Whale ter deixado uma forte impressão nos estúdios da Universal com o filme “Frankenstein, o homem que criou o monstro” (1931), rapidamente voltou à saga de terror que começou com “Drácula” (1931) de Tod Browning. Whale realizou três filmes em 1933, um deles foi “O Homem Invisível“, uma história adaptada de um livro do escritor H.G. Wells, publicado em 1897 com …

Continue reading

Uma experiência — acima de tudo — reconfortante é a que “12 Homens em Fúria” (1957) nos permite, não só porque se centra numa categoria mais intelectual que sensitiva, consegue dar-nos uma aula de argumentação, apreensão daquilo que deve ser a nossa atitude perante a vida, perante o mundo… e até perante a “nossa verdade”. …

Continue reading