OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Nascida e criada em Mato Grosso do Sul, sempre ouvi comentários sobre o significado da palavra “fazenda”: vem de “fazer”, de “coisas que devem ser feitas”. E assim é a lida na fazenda: há que se arar a terra; preparar o solo com adubo para a lavoura; produzir leite e queijo; realizar reformas nas cercas …

Continue reading

Quantas vezes ouvi que eu era distraída, que andava com a cabeça nas nuvens, absorta em estranhos pensamentos. Estou mesmo debaixo das nuvens: algumas altas como cirros de gelo, outras mais baixas, numa arquitetura móvel de ondas levadas pelo vento fraco. De onde vieram, tão confusas e indefinidas? Do oceano? Da serra azulada? De alguma …

Continue reading

“A vida é uma passagem O mundo segue seu caminho Tudo vem, tudo passa A vida passa, o tempo passa Os dias, os meses e os anos As horas, os minutos e os segundos Tudo passa, tudo se vai

“A Rosa do Povo” surge como um romance de profunda incompreensão para com a realidade, daí a sua vertente auto-reflexiva, que sugere que o verdadeiro trabalho parte de cada um, para porventura se tornar colectivo. Estamos na 2.ª Guerra Mundial e o mundo está um caos; para espalhar a sua realidade, Carlos Drummond de Andrade, …

Continue reading