OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Se havia um artista português que dava um filme, António Joaquim Rodrigues Ribeiro estava sem dúvida no topo das solicitações. Viajado, ousado e talentoso são algumas das qualidades do homem que muitos diziam estar “à frente do seu tempo”. Ao ponto das suas canções pop rock perdurarem décadas depois de ter sido precocemente roubado pela doença. Portugal não esquece, Portugal não esquece.

Em 1981 formava-se na cidade do Porto uma banda de inspiração new wave, tão na moda por aqueles tempos, formada por João Loureiro (sim esse, o filho de Valentim Loureiro) na voz e teclados, João Ferraz na guitarra, Paulo Faro na bateria e Francisco Monteiro no baixo: a que deram o nome de Bananas. Nos …

Continue reading