OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Andando sozinho na rua,

Uma luz tarda em apagar,

O rio iluminado pela lua

Traça o destino de quem está para chegar

É a verdade,

É a ansiedade,

São as luzes da sala

As tais que não apagam,

Que o estranho perdido

Não consegue adivinhar

Diogo Passos

Pintura de Vincent Van Gogh, “Noite Estrelada Sobre o Ródano” (1888)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: