OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

O calibre dos filmes que se ficam por menções honrosas revela desde logo o quão difícil foi chegar ao pódio final. Este ano, “X“, de Ti West, “Alcarràs“, de Carla Simón e “Reunião“, de Fran Kranz foram as produções que não levaram a medalha, mas saíram com um chorudo certificado. São recomendações automáticas por razões …

Continue reading

“Everything Everywhere All At Once” (2022) – “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo“, em português – conta a história de Evelyn (Michelle Yeoh), uma imigrante chinesa que gere uma lavandaria com a sua família, mas que atravessa alguns problemas quando o seu negócio passa por uma auditoria financeira. Tudo muda quando Evelyn descobre …

Continue reading