OBarrete

Porque A Arte Somos Nós

Depois do terror de tirar o folego em “Silent Hill“, há razões mais que suficientes para voltar à tão misteriosa cidade. Agora em 2001, na sexta geração das consolas. Com o inesperado sucesso do primeiro jogo, “Silent Hill 2” foi um dos jogos mais esperados ao virar do século, principalmente por aquilo que o melhor …

Continue reading

Houve uma altura em que a única forma de se experimentar um jogo da PlayStation original seria se alguém o emprestasse ou então graças a demos que vinham na antiga revista PSM. Cada CD continha diversos demos de jogos que tinham saído recentemente ou estariam prestes a sair. Lembro-me que, das poucas demos que tinha, …

Continue reading

Sem o silêncio, o discurso não existiria. O que é interessante sobre o silêncio é que ele é construído socialmente. Em algumas culturas, o silêncio é visto como um comportamento aceite enquanto que noutras ele é interpretado como um símbolo de perigo. Pode dizer-se que o silêncio funciona como um espaço em branco, um lugar …

Continue reading

de mau a pior #3 O lugar era Nova Iorque, 1975. Haviam passado cinco anos desde a sua saída dos The Velvet Undeground. Os seus primeiros álbuns transformaram Reed num ícone do glam rock, uma imagem que o próprio criou por completo ao vestir-se de couro, com óculos de sol e cabelo descolorido. Numa altura …

Continue reading