O BARRETE

Porque A Arte Somos Nós

“Dark Waters – Verdade Envenenada” conta-nos a história do advogado Rob Bilott (Mark Ruffalo), membro da Taft Stettinius & Hollister, uma firma de advocacia que representa grandes empresas, que entra em conflito com umas das maiores corporações americanas (também cliente da Taf), a DuPont – uma das maiores produtoras de químicos do mundo. Realizado por …

Continue a ler

O filme começa com uma paisagem em ruínas. Estamos na Primeira Guerra Mundial. Os ingleses lutam contra os alemães. Há muito sangue, feridos, mortos. A esperança de todos era não morrer. Sobreviver. Porque aos que lá estão já lhes tinham sido tirado uma vida. 1917 é o ano que marca uma data que todos querem esquecer; …

Continue a ler

Uma realidade crua – quase poética – é retratada em “Índice Médio de Felicidade” de David Machado, uma obra sobre luta numa sociedade em decadência económica, e um ensaio sobre a luta interior entre o desistir e o continuar. Com um Portugal escasso em emprego e uma sociedade completamente desprovida de esperança, vivemos a história …

Continue a ler

Todas as cartas de amor são Ridículas. Não seriam cartas de amor se não fossem Ridículas. Também escrevi em meu tempo cartas de amor, Como as outras, Ridículas. As cartas de amor, se há amor, Têm de ser Ridículas. Mas, afinal, Só as criaturas que nunca escreveram Cartas de amor É que são Ridículas. Quem …

Continue a ler

Desde o clássico “White Zombie“(1932) que diversos cineastas dedicaram a sua arte à alegoria e crítica sociocultural através do zombie. Nos calcanhares de um longo e rico legado, Bertand Bonello vem dar a sua contribuição ao subgénero de terror com “Zombi Child”, muito mais na veia de Jacques Tourneur do que George A. Romero. Isto é, com …

Continue a ler

“Aconteceu no Oeste” (1968) é um daqueles clássicos do cinema que estão inexoravelmente ligados à música. Como sempre, Sergio Leone trabalhou com Ennio Morricone na banda sonora de um dos seus westerns, e, novamente, é um casamento muito bem sucedido. A música altamente visual que Morricone compõe aqui faz com que o espectador experimente o filme …

Continue a ler

Vencedora do Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação em 2018, a obra realizada por Glen Keane, e narrada por Kobe Bryant, é a despedida deste último das grandes arenas e competições. O pequeno filme, que conta também com a participação de Brian Hunt, acompanha a narração da carta de despedida que o atleta norte-americano escreveu …

Continue a ler

Um pequeno insecto Que de tal só têm a altura, Sempre muito radical, Mas sem perder a compostura. Normalmente menosprezado E bastante caricaturado, No entanto, é empenhado E não deixa nada estagnado. Ó Joaninha, que com o teu desembaraço Nos consegues cativar. Tem cuidado pequeninha Para não acabares Num momento de distracção, A fazer de …

Continue a ler

O grupo que se segue são os Animizmo, uma banda instrumental de prog/math rock curitibana. Este último estilo tem como características as batidas rítmicas atípicas, contraponto, ou riffs prolongados e dissonantes. Uma mistura entre o estilo progressivo e indie. Para dar o exemplo, imaginemos a junção entre King Crimson e compositores de música minimalista, como …

Continue a ler

É como se Angelo Badalamenti e David Lynch decidissem que a música do filme “Twin Peaks” (1992) precisava de ser ainda mais sexy e assustadora do que a banda sonora original da série. Como o filme é um animal totalmente diferente desta última, eles oferecem apenas breves fragmentos das melodias frequentemente usadas no programa. “Twin …

Continue a ler